1. Virada de ano virei na vara


    Encontro: 22/02/2019, Categorias: Travestis, Autor: regcd, Fonte: ContoErotico

    Quando o ano novo estava chegando eu já estava alta,Tinha bebido umas 10 latinhas.Resolvi tomar um banho gelado pra melhorar pois não queria perder a queima de fogos.Liguei o chuveiro e esqueci o tempoEscutei umas batidas na porta do banheiro e sai ver.Era o namorado de uma prima querendo emprestado uma calça pois tinha derrubado vinho.Falei pra procurar no guarda roupa ,estava tão fora de mim que acabei me esquecendo que lá estava todas as minhas calcinhas escondido . Agora já era e era questão de tempo dele me perguntar a respeito.Terminei o banho e saí .Estranho que ele já tinha achado e trocado e deixado a dele jogada no canto do quarto e em cima da cama a sacola com minhas lingerie.Seria um sinal que ele sabia ou talvez achasse que eram das minhas supostas namoradas que eu tivesse ganhado.Me aumentou a preocupação mas fazer o que . se ele perguntasse eu inventaria uma desculpa.Estava faltando 25 minutos pra dar meia noite tranquei meu quarto e aproveitei que estava fácil e resolvi vestir um conjuntinho por baixo ,já que estava frio não daria bandeira.Peguei uma calcinha branca e um sutiazinho com uma meia calça preta arrastão uma calça jeans e uma blusa que disfarçava bem.Estava pra sair escutei umas batidinhas na porta .era o namorado da minha prima querendo pegar a sua calça.Abri bem disfarçado sem dar pinta mas notou algo.Um calor desses e você de blusa quente.Tá doente ou ta escondendo alguma coisa.Falei que estava um pouco resfriado mas que já iria deitar e nem ...
    a queima de fogos eu iria ver.Pegou a calça e saiu.olhou nos meus olhos e falou. Você não me engana...Eu vou voltar . me aguarde.Falei que iria chavear a porta e dormir.Passou uns minutos minha mãe veio saber por que eu estava enquartado ,falei que não estava bem.Mandou eu tomar um remédio que passava ,falei que ia dormir e que não precisava se preocupar .Liguei a TV pra ver a queima em Copacabana mas esqueci de trancar a porta .tirei a roupa vesti um shortinho e uma camisetinha e deitei.Faltava pouco pra virada ele entrou no quarto chaveou a porta e foi direto ao assunto.Vou te arrombar sua puta.Perguntei a ele quem havia autorizado dele entrar no meu quarto e que ele era arrogante e metido. Ficou bravo puxou o cobertor e me viu vestida como uma menininha.Me xingou e falou que não se enganava e que se eu era menininha eu teria que agüentar sem me queixar.que a partir dali se eu não me calasse chamaria minha família toda pra ver a vergonha da família vestidinha com roupinhas de mulher.Chegou pertinho e me disse que agora era ele quem mandava.Fingi ficar bravo mas estava adorando e como o som estava alto ele me xingava alto. Minha boca salivou e meu rabinho piscou de tesão .pediu pra mim se ajoelhar tirar sua calça e fazer o meu trabalho e que fosse bem feito senão ia apanhar na cara pra aprender.Tirei a calça e pude ver que sua vara dava sinal de vida e crescia na cueca.Comecei a gemer como uma putinha e tanto era o desejo que tirei a cueca e se revelou uma bela pica.Ainda ...
«12»